maio 02

O verdadeiro teste

Dia Mês Ano Acumulado
SimpleWin – R$ 25.014 – R$ 25.014 R$ 197.415 R$ 245.950
Reflux – R$ 11.287 – R$ 11.287 R$ 7.278 R$ 7.278

Boa noite, pessoal!

Hoje o mercado foi cruel com os robôs. Não deu nenhuma oportunidade de saída, nenhum respiro. Pelo contrário! A pequena queda entre as aberturas da BM&F e da BOVESPA serviu como uma isca apetitosa para os robôs que operam vendidos, que avançaram ferozmente. Os que operam comprados, por sua vez, ficaram intimidados. Exceção feita ao bravo Vortex_C, único ganhador do dia, com lucro de 145 reais.

Durante o pregão, o maior valor registrado no financeiro global foi 675 reais. A ininterrupta alta do índice após as 10h00 acionou o stop loss de diversos robôs antes mesmo da abertura do Dow Jones (10h30). Nesse ponto já tínhamos mais de 25k de prejuízo realizado. Os robôs que continuaram abertos apenas sangraram mais e mais até o final do dia.

SimpleWin encerrou o dia com prejuízo de R$ 25.014,00. Até ontem, o maior prejuízo que eu já havia tido com ele tinha sido -R$ 20.133,00 em 07/11/2016. Analisando 7 anos de histórico teórico, a maior perda já registrada da minha configuração foi de -R$ 29.020,00. Hoje atingimos 86,2% desse valor. Ainda, perdas de 25k ou mais aconteceram 8 vezes em 1769 dias operados. Isso significa a ocorrência em 0,45% das vezes, ou 1 vez a cada 222 pregões, praticamente 1 vez ao ano.

Reflux, por sua vez, encerrou o dia com perdas de R$ 11.287,00. De longe o maior prejuízo auferido no pouco tempo de operação dessa configuração. Ao olhar a simulação desde agosto de 2016, que possui tempo bem menor devido a alguns layouts específicos (abordarei esse assunto no futuro, na seção filosofando), o maior prejuízo diário registrado era -R$ 8.240,00. Esse valor foi superado em quase 37% hoje. O prejuízo foi maior do que os ganhos mensais de março ou abril.

Eu poderia dizer que esse é um dia para esquecer. Um dia que nenhuma comida parece saborosa. Que o ar-condicionado parece não funcionar direito. Que todos à sua volta parecem estar mais chatos e irritantes que o normal. Um dia que olhar para o homebroker embrulha o estômago. Um dia de azar, um outlier, quase um cisne negro…

Não! Esse não é um dia para esquecer. Esse é um dia para se lembrar! São para dias assim que temos que nos preparar! São para dias assim que estudamos históricos, simulamos carteiras de robôs, diversificação, fazemos cálculos e mais cálculos de margem, risco-retorno e tantas outras coisas. São para dias assim que definimos e preparamos a nossa configuração, que verificamos o máximo drawdown histórico (MDH) e que determinamos o volume adequado ao nosso capital.

Esse não foi um dia de azar, muito menos um cisne negro. Esse foi um dia totalmente previsível ao olhar as simulações e históricos. Mais dia, menos dia, iria acontecer. A dúvida era somente quando.

Indo além, estar preparado para um dia como o de hoje não é suficiente. Outro pode acontecer amanhã, ou durante o resto da semana. Na minha operação isso já aconteceu. O SimpleWin, na semana entre o Natal e o Ano Novo de 2016, teve dois dias muito ruins, chegando perto do MDH da minha configuração da época neste robô.

Mesmo que amanhã seja, hipoteticamente, tão ruim como hoje, acumularíamos 70k de perdas em 2 dias. Com um lucro bruto acumulado de mais de 80k em abril e mais de 240k em 2017, isso não seria um grande problema. É a chamada gordura para queimar. Mas, e se hoje fosse o meu primeiro dia de operação? E quem, eventualmente, entrou no pior dia possível do histórico teórico da minha configuração, ou seja, exatamente quando começou o MDH?

Você pode achar que eu estou sendo pessimista. Que seria muito azar ou má sorte. Que não vai acontecer com você. Aconteceu comigo. Mais ainda, quando comecei a operar com robôs em um volume significativo, eu não peguei o MDH do robô que operava na época, eu peguei a renovação do MDH desse robô. O rebaixamento de capital foi além do pior já ocorrido nos 6 anos anteriores.

É para isso que temos que nos preparar. É para além disso que temos que nos preparar. Quando me perguntam, de maneira muito genérica, e insistem em obter uma resposta, eu digo às pessoas que, nas minhas operações, mesmo tendo um perfil bastante arrojado, eu acho prudente que o capital inicial (que estou realmente disposto a colocar em risco) não seja inferior a 4 vezes o MDH da configuração ou simulação.

Esse valor, mesmo que aproximado, é produto da minha tolerância a risco, do meu capital, do meu conhecimento dos robôs, da minha experiência de vida, da minha tolerância à oscilação financeira, dos meus objetivos com o investimento, etc. Mas, por favor, não opere com os limites dos outros. Você precisa encontrar o SEU limite, fazer o seu planejamento, pois é você que terá que suportar dias como o de hoje e, eventualmente, situações ainda piores. Esse é o verdadeiro teste para quem investe utilizando robôs. Infelizmente, quem não passa no teste dá baixa contábil no prejuízo.

É um bom planejamento que traz a convicção necessária para atravessar os momentos mais difíceis.

Para quem está preparado, este foi apenas mais um dia normal de operação!

Resultados por sinal:

CP-2017-05-02

Financeiro Global:

Financeiro Global 02-05-2017